Pronto Socorro Veterinário | Doença do Trato Urinário é comum em felinos; fique atento aos sintomas
Pronto Socorro Veterinário 24 horas
Veterinário, Pronto Socorro, 24 horas, Pet, cão, gato , cachorro, animais silvestres, animais exóticos, clínica, UTI, laboratório
19199
post-template-default,single,single-post,postid-19199,single-format-standard,ajax_fade,page_not_loaded,, vertical_menu_transparency vertical_menu_transparency_on,footer_responsive_adv,qode-child-theme-ver-1.0.0,qode-theme-ver-10.1.1,wpb-js-composer js-comp-ver-5.0.1,vc_responsive

Doença do Trato Urinário é comum em felinos; fique atento aos sintomas

Doença do Trato Urinário é comum em felinos; fique atento aos sintomas

Esse é o Benjamim, ele chegou ao nosso serviço de emergência com muita dor devido a uma obstrução uretral. O problema no trato urinário é comum entre os gatos machos, pois eles têm a uretra muito fininha que é facilmente obstruída por cristais, mucos e células mortas. A doença causa muito sofrimento aos bichanos.

Não foi a primeira vez que Benjamim sofreu com esse problema, por isso, depois de passar pelo atendimento emergencial, no qual foi realizado a desobstrução do canal e controle da dor, orientamos a tutora Flaviane Ferreira sobre a necessidade de um procedimento cirúrgico para evitarmos uma nova obstrução. Ela concordou imediatamente e a cirurgia foi um sucesso. Benjamim recebeu alta 24 horas após o procedimento e não sofre mais com o problema.

Fique atento aos sintomas da doença

Assim como Benjamim, vários gatos podem sofrer com a Doença do Trato Urinário Inferior dos Felinos (DTUIF). Os tutores precisam ficar atentos aos sintomas e procurar ajuda o quanto antes.

Os principais sintomas da doença são:

  • Lambedura excessiva dos genitais
  • Tentar urinar várias vezes ao dia sem sucesso
  • Urinar em locais incomuns
  • Presença de sangue na urina
  • Dor ao fazer xixi.

Prevenção

A doença pode ser prevenida com uma dieta balanceada e ração especial para o problema. Controlar o peso do felino também é fundamental, já que os machos obesos têm maior predisposição para a doença.

Outro ponto importante é enriquecer o ambiente onde o gato vive, controlar o estresse do animal, manter a caixa de areia sempre limpa e oferecer bastante água bichano.

Tratamento

A DTUIF é uma emergência e o tratamento imediato é essencial. O primeiro passo é amenizar a dor do animal e desobstruir o canal da uretra. Muitas vezes o pet chega a clínica com infecção e desidratação, que devem ser tratadas o quanto antes.

A cirurgia é necessária quando a obstrução uretral se repete, mesmo após o tratamento ou quando há lesão irreversível da uretra.

Para saber mais sobre a doença, entre em contato conosco. Estamos sempre prontos para cuidar do seu bichinho!

Quer saber mais sobre este assunto?

Então preencha o formulário e receba mais informações