Pronto Socorro Veterinário | Cadelinha da raça poodle quase morre depois de engasgar com um pedaço de carne de panela
Pronto Socorro Veterinário 24 horas
Veterinário, Pronto Socorro, 24 horas, Pet, cão, gato , cachorro, animais silvestres, animais exóticos, clínica, UTI, laboratório
16356
post-template-default,single,single-post,postid-16356,single-format-standard,ajax_fade,page_not_loaded,, vertical_menu_transparency vertical_menu_transparency_on,footer_responsive_adv,qode-child-theme-ver-1.0.0,qode-theme-ver-10.1.1,wpb-js-composer js-comp-ver-5.0.1,vc_responsive

Cadelinha da raça poodle quase morre depois de engasgar com um pedaço de carne de panela

Cadelinha da raça poodle quase morre depois de engasgar com um pedaço de carne de panela

Que nunca ofereceu um pedaço de carne ou qualquer alimento de humano para um animal de estimação? Assim como a maioria de nós, o tutor Rodrigo Amaral acreditou que não havia nenhum mal em dar um pedaço de carne de panela para a poodle Raika, de 10 anos. Infelizmente, o que era para ser apenas uma refeição saborosa, acabou quase matando a cadelinha. Dois dias depois de comer a carne, Rodrigo percebeu que havia algo errado com a Raika.
Ela chegou ao Pronto Socorro Veterinário (PSV) encaminhada pela Clínica Veterinária HVetri.  Raika estava passando muito mal, estava prostrada e com o ritmo cardíaco e pressão alterados. Fizemos um raio-x de emergência e vimos que o pedaço da carne estava parado no esôfago da cadelinha.

Tivemos que agir rápido e propomos uma endoscopia digestiva terapêutica para remoção do alimento. Esse é um procedimento relativamente seguro, minimamente invasivo e com rápida recuperação do paciente. Uma outra opção seria uma cirurgia de tórax, para acessar o esôfago e retirar a carne, um procedimento bem mais complexo e invasivo.

O tutor não pensou duas vezes e optou pela endoscopia. O procedimento foi iniciado imediatamente, logo visualizamos a carne e começamos as manobras para sua retirada. A região estava bastante comprometida, mas o procedimento foi um sucesso. Durou cerca de 45 minutos. Retiramos vários pedaços de carne e a Raika foi liberada para internação e observação. Hoje, ela já está em casa, totalmente recuperada.

A história da poodle fica de alerta para todos os tutores. Muitas vezes, oferecemos para o animal sobras de alimentos, acreditando que não pode fazer mal algum. Infelizmente, muitas vezes, esses alimentos acabam fazendo mal para o bichinho e podem inclusive leva-lo a morte. No caso da Raika, ela poderia ter morrido se o tutor não tivesse agido rápido  e procurado atendimento veterinário.

Quer saber mais sobre este assunto?

Então preencha o formulário e receba mais informações

Fique sempre atento a saúde do seu pet. Qualquer sinal de alerta procure atendimento o quanto antes. Nós do PSV, estamos sempre pronto para cuidar do seu bichinho, 24h por dia, 7 dias da semana. Conte conosco!